sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Meu primeiro beijo...













Aconteceu...
Aconteceu em um dia,
Em um dia que te amei!

Foi espontâneo...
Espontâneo como um rio que corre
(Esqueça um pouco a gravidade).
Espontâneo com uma flor que se abre,
Aos primeiros dias de primavera.

Foi descoberta...
Descoberta que a vida é bela
(Pelo menos foi neste instante).
Descoberta em que na sua feitura
Ainda há um ser vivente!

Foi como...
Estar em mim e em ti,
Ao mesmo tempo.




Marília, Setembro de 1978











imagem retirada de internet:

3 comentários:

  1. E uma canção te envolverá como os abraços carinhosos do amor. E o teu rosto será sublime após esse beijo cheio de graça.
    Gosto de vir aqui.
    Meu carinho, poeta!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Fico sempre lisonjeado com sua linda e imprescindível presença! Sempre me nutro com suas frutíferas palavras! bjs



    saudações literárias Poetisa.


    Luís

    ResponderExcluir